Melhores atacantes do mundo

Quais os melhores atacantes do mundo na atualidade? Os grandes atacantes são aqueles que fazem todos os torcedores sonharem e apostarem no futebol. Os finalizadores, aqueles que marcam muitos gols e acumulam troféus graças a isso. Vamos ver quais, na nossa opinião, são os melhores atacantes do mundo em 2022. Leia conosco, vamos lá!

Ranking dos melhores atacantes do mundo na atualidade

  • 1º: Robert Lewandowski, Polônia;
  • 2º: Erling Haaland, Noruega;
  • 3º: Cristiano Ronaldo, França;
  • 4º: Lionel Messi, Argentina;
  • 5º: Kylian Mbappé, França;
  • 6º: Neymar Junior, Brasil;
  • 7º: Mohamed Salah, Egito;
  • 8º: Harry Kane, Inglaterra;
  • 9º: Romelu Lukaku, Bélgica.

Robert Lewandowski (Polônia – Bayern de Munique)

Lewandowski ainda pode ser considerado o melhor atacante do mundo. Vencedor de 9 campeonatos da Bundesliga com os uniformes do Borussia Dortmund e Bayern, o atacante polonês também conquistou a UEFA Champions League em 2020.

Artilheiro do campeonato alemão 6 vezes, e artilheiro da Liga dos Campeões em 2019/ 20 (15 gols).

Na temporada 2020/21, ele quebrou o recorde de gols da Bundesliga em uma única temporada, que pertencia a Gerd Muller há 50 anos. Lewandowski fez 41 gols em uma única liga. Vencedor das duas últimas edições do prêmio FIFA The Best (2020-21 e 2021-22), além de ter sido o vencedor da Bola de Ouro 2021-22.

Erling Haaland (Noruega – Borussia Dortmund)

Com apenas 21 anos, o fenômeno norueguês já foi o artilheiro da UEFA Champions League 2020/21 (15 gols), e já marcou muitos gols, primeiro com a camisa do Salzburg e depois com a do Borussia Dortmund.

Um atacante poderoso com um grande físico, ele também tem uma excelente técnica básica. No verão europeu de 2022, transferiu-se para o Man. City da Inglaterra.

Cristiano Ronaldo (Portugal – Manchester United)

Cristiano Ronaldo é um “vencedor em série”, e ainda hoje um dos melhores avançados do mundo. Em sua carreira, ele ganhou a UEFA Champions League 5 vezes (1 com o Manchester United e 4 com o Madrid), foi 5 vezes Bola de Ouro (poderia ser 6 se não fosse o polêmico prêmio de Luka Modric em 2018), ganhou campeonatos de séries na Inglaterra, Espanha e Itália.

Depois de deixar a Juve, ele lidera o ataque do Manchester United, clube no qual se firmou definitivamente com Alex Ferguson há quase vinte anos, sem contar que é um dos nomes mais cotadas nas casas de apostas.

Lionel Messi (Argentina – Paris Saint-Germain)

Já sabemos tudo sobre o baixinho argentino. 7 Bolas de Ouro na vitrine, três Champions League com o Barcelona, clube que saiu no verão de 2021 para ir a Paris. Na seleção, ele sempre esteve seco, mas no ano passado arrastou sua Argentina para a vitória na Copa América, e agora Messi está se preparando para a Copa do Mundo no Catar – esperamos que perca para o Brasil.

Kylian Mbappé (França – Paris Saint Germain)

Ele é o jovem fenômeno do futebol francês, que poderia deixar Paris no verão europeu para ir para o Real Madrid (seu sonho de infância), mas preferiu ficar por mais dinheiro e maior estrelato, o que acabou causando crise no vestiário e exclusão do jogador por se achar melhor do que os outros.

Mbappé em 2018 venceu a Copa do Mundo com a França, e agora tenta arrastar os parisienses para conquistar a Champions. O ataque dos parisienses é realmente estelar, pois além de Mbappé, também inclui Messi e Neymar.

Neymar (Brasil – Paris Saint Germain)

Atacante brasileiro com talento sem limites, mas muito propenso a lesões.

No passado recente, Neymar foi duramente criticado e acusado de ser um “simulador de faltas”, mas parece não se importar muito e, depois dos sucessos em Barcelona, encontrou Messi em Paris. Juntos venceram a Champions em 2015 pelo Barça, e agora querem tentar novamente em Paris.

Mohamed Salah (Egito – Liverpool)

O faraó explodiu em Liverpool com Klopp no comando. Com os Reds, conquistou a Champions em 2019 e, no ano seguinte, o título da Premier League. Junto com Firmino e Mané, ele compõe o trio das maravilhas do ataque do Liverpool – apesar das desavenças com Mané.

Harry Kane (Inglaterra – Tottenham)

O atacante inglês, depois de ter perdido a transferência para o Manchester City de Guardiola na temporada de 2021, estava um pouco deprimido, mas agora parece ter retornado ao seu nível após a chegada de Antonio Conte no banco dos Spurs.

Ele liderou o ataque dos “Três Leões” na Eurocopa de 2020 e está pronto para repetir o feito na Copa do Mundo de 2022 do Catar.

Romelu Lukaku (Bélgica – Chelsea)

O avançado belga arrastou a Inter de Milão para o título nacional na temporada 2020/21, depois no verão europeu deixou o time para ir para Londres, ao lado do Chelsea, onde já tinha jogado no início da carreira. Devido a conflitos com o técnico alemão Tuchel, volta mais uma vez para o time de Milão. O que achou da nossa lista de melhores atacantes do mundo? Até a próxima!